tip#41 - Porque precisamos de Lideres bondosos e compassivos

Publicado
Comentários Nenhum

Este mês não se trata de ESL ou de dicas de aprendizagem de línguas, mas sim dicas de como ser um melhor empregador. Estas dicas vêm diretamente de Ray Williams (formador de executivos e formador em liderança). Pretendo começar a tentar incorporar essas dicas no meu próprio estilo de gestão. Tenho muito trabalho pela frente!

Porque precisamos de Lideres bondosos e compassivos.A bondade, compaixão e empatia mudarão os locais de trabalho tóxicos, por Ray Williams em Wired for Success

O que é preciso para ser um líder bondoso e compassivo? Compaixão e bondade vem de um lugar dentro de nós, e ainda assim parece que há poucas oportunidades de expressá-lo no local de trabalho e ainda menos oportunidades para os líderes de o demonstrarem.

Líderes bondosos e compassivos:

  • Comunicam de forma aberta e transparente com seus os colaboradores e clientes;
  • São flexíveis e adaptáveis, dispostos a deixar de lado regras, regulamentos e tradições para o bem maior;
  • Expressar suas emoções livre e abertamente;
  • Liderar pelo exemplo, ao invés de direccionar;
  • Retirar ou diminuir o julgamento e crítica dos outros como uma estratégia motivacional.
  • Gerem as suas emoções de forma produtiva e positiva;
  • Estão conscientes do efeito que as suas palavras e ações têm sobre os outros.

O que faz a prática da bondade e compaixão nas organizações?

  • Aumenta a capacidade das pessoas para a empatia e compaixão;
  • Promove relacionamentos positivos;
  • Diminui a prevalência de comportamentos e emoções tóxicas e negativas;
  • Aumenta o optimismo e a esperança;
  • Reforça os níveis de resiliência e de energia;
  • Neutraliza os efeitos negativos do julgamento e preconceito;

    Tendo em conta tudo o que sabemos da necessidade de líderes bondosos com compaixão e empáticos, e o aparente crescimento de locais de trabalho tóxicos, não estará na altura de valorizar e recrutar líderes que abracem e mostrem compaixão e bondade?

    Saiba mais

Autor

Comentários

Não existem actualmente comentarios a este artigo

Comment

Insira o seu comentário abaixo. Campos marcados * são necessários. Deve previsualizar o seu comentário, antes de finalmente o inserir.





← mais velho mais recente →