#45 - ABRAÇANDO OPORTUNIDADES

Publicado
Comentários Nenhum

“As oportunidades são como o nascer do sol. Se esperar demais, poderá perdê-las.”

- William Arthur Ward

A Languages Unlimited tem uma parceria com a Biblioteca Municipal de Torres Vedras. Começámos esta parceria em 2014 e isso envolve, mais ou menos a cada dois meses, fazer uma sessão de Hora do Conto para crianças de várias idades ao Sábado à tarde. É gratuita e envolve habitualmente uma actividade lúdica-expressiva. As crianças que vêm parecem gostar, tanto das histórias como das actividades.

O problema tem sido o número de pessoas que participam neste eventos. Geralmente participam nesta Hora do Conto gratuita apenas uma ou duas mãos cheias de crianças… se tivermos sorte. Pessoalmente isto tem-me incomodado, independentemente do facto de eu já dever estar habituada. A realidade é que este tipo de resposta por parte do público (ou a falta dela) é bastante consistente com outros projectos (sempre de baixo custo) que a Languages Unlimited tentou desenvolver ao longo dos anos na nossa antiga localização em A-dos-Cunhados. Eventos culturais e educacionais têm uma participação um pouco baixa nesta zona do país.

Isto entristece-me. Quando me mudei para esta área, pensei que fosse falta de oportunidades para ver ou participar em eventos culturais e/ou educacionais estimulantes. Rápidamente percebi que não era esse o caso, quando comecei a pesquisar e encontrei um leque variado de actividades, eventos, espectáculos, etc para a minha filha e para toda a família. Por exemplo, o Teatro Cine de Torres Vedras tem sempre coisas a decorrerem. Alguns dos eventos mais conhecidos têm, sem dúvida, recebido casa cheia ou quase cheia. Contudo quando toca a artistas menos conhecidos, performers e animadores raramente se consegue um terço da sala preenchida. E quando são actividades para crianças o número ainda mais desce. Porque é que isso acontece?

Tenho a certeza que é um conjunto variado de factores mas, tanto como Pais a não tirar partido das oportunidades que são oferecidas às crianças, penso que muito tem a ver com o não aproveitarem as oportunidades para expor as crianças àquilo que a cidade tem para oferecer. É verdade que os pais estão cheios de trabalho, super cansados nesta sociedade demasiadamente capitalista. É verdade que temos cada vez menos tempo e de menor qualidade com as nossas crianças e a tendência de deixar a escola, os avós e as actividades extra-curriculares fazer a maior parte da educação dos nossos filhos está no seu expoente máximo. No entanto temos de estar à altura da ocasião… à altura das oportunidades que temos perante nós. Porque quando chega a altura, uma oportunidade é apenas uma oportunidade se se tirar partido dela. Como Mark Twain disse, “Raramente conseguia ver uma oportunidade, até que ela tivesse deixado de o ser.”

Autor

Comentários

Não existem actualmente comentarios a este artigo

Comment

Insira o seu comentário abaixo. Campos marcados * são necessários. Deve previsualizar o seu comentário, antes de finalmente o inserir.





← mais velho mais recente →